Team Catálise e meios não-convencionais (E4)

Clique para ampliar

construção

Líder da equipe : Christophe COUTANCEAU y François JEROME

ISGC2015

Download the brochure.

Pesquisa de fundo

Catálise heterogênea ocupa um lugar de destaque nos processos industriais, principalmente devido à estabilidade dos catalisadores sólidos usados ​​e fácil recuperação dos produtos de reacção para desenvolver em grande escala, processos contínuos ou semi-contínuos. A introdução gradual de carbono renovável (biomassa, CO2, resíduos) em processos químicos, a variabilidade das matérias-primas (fósseis e / ou renováveis) e da intensificação dos processos mudaram radicalmente a face da catálise que está enfrentando hoje novos obstáculos científicos e tecnológicos. Em particular, a preparação e caracterização de catalisadores adaptadas a estes novos matérias-primas, a pesquisa e a utilização de meios de reacção alternativos, a elucidação e a previsão de mecanismos de reacção, a nível molecular e a caracterização no local de catalisador meio de interação / reacção sólido / tempo real reativa são grandes desafios da catálise moderna.

Estratégia da equipe

A estratégia da equipe é implementar reações catalíticas em meios não-convencionais, a fim de melhorar o rendimento e / ou seletividade. Possibilidade de activação de controlo de catalisadores de reacções catalíticas e orientação pela natureza do meio de reacção é uma abordagem promissora, que é esperado para desenvolver conceitos iniciais: 1) adaptar permanentemente catalisadores existentes para novas matérias-primas e os seus variabilidade, e 2) oferecer soluções inovadoras catalítico e economicamente viável. Muitas vezes negligenciado, o meio de reacção no qual um catalisador pode influenciar directamente as etapas básicas de um ciclo catalítico, a nível molecular e, assim, modificar a actividade e / ou selectividade dos catalisadores. Assim, a compreensão de como o ambiente pode estabilizar / desestabilizar intermediários da reacção, como o ambiente pode facilitar o movimento de um equilíbrio termodinâmico, como o ambiente pode promover a formação de espécies activas na superfície dos catalisadores, e geralmente como o acto catalisador pode ser assistido pela comunidade, são todas as questões fundamentais estudados pela equipe.

O meio, no sentido em que entendemos que pode ser puramente química (profundas eutécticas líquido iônico bio-inspirados, fluoração círculos, círculos sulphiding / desulfurizer, etc …) e / ou estar associada a limitações físicas, tais como o campo elétrico (plasma não-térmico), o potencial (electrocatálise) eléctrodo de microondas e, mais recentemente, de ultra-som. Em qualquer caso, a sinergia é procurado entre estes ambientes e catalisadores para fornecer novos conceitos científicos para a ativação seletiva de vínculos carbono-heteroátomo (CX X = O, S, Cl) e hetero-hidrogênio (com XH X = O, N, F). A especificidade e força da equipe reside na natureza multidisciplinar de seus membros, que permite uma abordagem original e inovadora para os temas de investigação. O desenvolvimento destes novos conceitos (novos catalisadores, novas reações, novos processos) deve promover a emergência de novos processos catalíticos para aumentar o desempenho dos processos atuais (poupança de energia, átomo, etc.) e / ou levar a inovações importantes na produção de novas moléculas e materiais para ajudar a manter uma química sustentável. Esses objetivos só podem ser alcançados através da partilha de múltiplas habilidades presente dentro da nossa equipe.

Equipe Catalyse et milieux non-conventionnels (E4)

Clique para ampliar


A fim de alcançar
os vários objectivos pretendidos, a equipe conta com habilidades complementares para determinar os mecanismos na busca de catalisadores dedicados a estas áreas.

A determinação dos mecanismos de reacção é crucial para compreender e controlar a influência do meio nãoconvencional sobre o desenvolvimento de um ciclo catalítico, que é na escala molecular ou supramolecular. Para alcançar esses objetivos, a equipe conta com uma experiência reconhecida no campo das reações modelo, modelagem e caracterização in situ.

 

A natureza das reações, reagentes e ambientes estudados enfrentar a equipe com grandes desafios no domínio da concepção e desenvolvimento de materiais catalíticos dedicados. Neste contexto, a equipe está interessada nos últimos anos inspirados bio-líquidos iônicos novos métodos de materiais de matriz mineral sintéticos, orgânicos (polímeros, de carbono) e híbridos inorgânico-orgânico que envolve o uso de novos solventes (, eutética profundo, …), acoplado ou não com técnicas físicas de ativação (microondas, ultra-som, plasma não-térmico, ….). A estratégia desenvolvida baseia-se na abordagem fundamental e interdisciplinar para o desenvolvimento do processo funcional materiais catalíticos integrar plenamente o conceito de sustentabilidade (incluindo o uso de precursores e / ou modelos de base biológica) ao mesmo tempo, para atender as diferentes exigências do mundo industrial.
Todas essas habilidades permitem a equipe para criar inovação nas áreas de carbono renovável (biomassa, CO2, biogás, resíduos) e otimização de processos com base no uso de carbono fóssil. Assim, o trabalho mais promissor da equipe são:
A desconstrução de biopolímeros,
A activação poliol,
Activação de moléculas recalcitrantes (CO2, CH4)
– Plataforma de furano,
As reações de troca de cloroflúor
As reacções de hidrotratamento.

Pesquisas realizadas permitiram à equipe para construir uma grande rede de colaborações nacionais e internacionais com equipas de investigação académicos e industriais.

The Team Catalysis and unconventional media
Grégory Chatel é o mais recente investigador recrutado para a equipe.
Dr. Gregory Chatel recebeu seu diploma de mestre pela Universidade de Savoie (França) em 2009 e seu doutorado pela Universidade de Grenoble (França), em 2012 (Os líquidos iônicos e ultra-som assistida epoxidação de olefinas: a combinação verde e sinérgica“) . Em 2013, Dr. Chatel juntou Grupo Prof. Robin D. Rogers na Universidade do Alabama (Center for Verde Manufacturing) como pesquisador de pós-doutorado. Sua pesquisa é focada na aplicação de líquidos iônicos em Química Verde, separação e processamento de biomassa. Dr. Chatel se juntou ao Institut de Chimie et des milieux Matériaux da Universidade de Poitiers (Catálise e não-convencionais de mídia” da equipe) em setembro de 2013 como Professor Assistente para desenvolver um programa de valorização da biomassa com base em meios de comunicação / técnicas não-convencionais (ultra-som).
 

Pessoal permanente de l’équipe E4

Au 10/12/2013

Nom Prénom Fonction Contact
BACHMAN Christian MdC-SFA Fiche
BARANTON Stève MdC-SFA Fiche
BARRAULT Joël DR-CNRS Fiche
BATIOT-DUPEYRAT Catherine Pr-IUT Fiche
BRUNET Sylvette CR-CNRS Fiche
CELERIER Stéphane CR-CNRS Fiche
CHATEL Grégory MC-SFA Fiche
COUTANCEAU Christophe Pr-SFA Fiche
FOURRE Elodie CR-CNRS Fiche
FRAPPER Gilles MC-SFA Fiche
JEROME François DR-CNRS Fiche
De OLIVEIRA-VIGIER Karine MC-SFA Fiche
RICHARD Frédéric DR-CNRS Fiche
TATIBOUËT Jean-Michel DR-CNRS Fiche
VALANGE Sabine MC-ENSIP Fiche
Salle de réunions Bât ENSIP Tel : 05.49.45.41.54
AYRAULT Philippe Ingénieur d’études-ENSIP Fiche
DOREAU Karine Adjoint administratif Fiche
VILETTE Morgane AT(50%)-SFA Fiche
WIETTHOFF Dimitri AT(50%)-ENSIP Fiche

essoal não permanente de l’équipe E4

Au 10/12/2013

Nom Prénom Contact
MACIUCA Alina ATER
LIU Fei Post-doc
ASTRUC Arnaud Doctorant
BESSIERE Guillaume Doctorant
BOISSOU Florent Doctorant Fiche
BRIOULLET Soizic Doctorant Bourse Poitou-Charentes Fiche
GAY Julien Doctorant Fiche
LOMONACO Clément Doctorant
RODRIGUES Anthony Doctorant
SAYOUD Nassim Doctorant – Erasmus
YAP David Doctorant Fiche
ZALINEEVA Anna Doctorante Fiche
AUDEMAR Maïté Doctorante
TOUHATI Houcine Doctorant
NORSIC Caroline Doctorante
AKRI Mohcin Doctorant Co-tutelle Maroc
LANKIANG Styven Doctorant
DRU Delphine Doctorante

Voir les propositions de stages de l’équipe.

Green Chemistry April 2013

 

Sarah Ruthven, Rédactrice en chef de Green Chemistry, Paul Anastas, Karine Vigier (IC2MP), François-Jérôme (IC2MP).

Sarah Ruthven, Paul Anastas, Karine Vigier, Francois Jerome

 Paul Anastas fondateur du conceito de chimie verte

ISGC2015

Recherche

Menu principal

Haut de page