Evidências de vida precoce – o gabonionta – Primeira exposição – Natuhistorisches Museu Wien

Exposição especial no Museu de História Natural de Viena do 12/03/ 2014 ao 5/10/2014

As fotos da inauguração da exhibition

A estréia mundial – Museu de História Natural de Viena é o primeiro a mostrar os fósseis mais antigos de vida multicelular macroscópico – . Março 12 , até 5 de octubre de 2014.

O vídeo da exhibition

Vidéo sur l'exposition Gabonionta

2010, um artigo na revista Nature teve o efeito de uma bomba. O geólogo Abderrazak El Albani, da Universidade de Poitiers IC2MP e do Centro Nacional de Investifação Científica francês (CNRS) descreveu nesse artigo os mais antigos macrofósseis de complexos organismos coloniais de rochas de 2,1 bilhões de anos de idade descobertas no Gabão.

Experiment life - the gabonionta

Ir para o site do exhibition

A vida na Terra começou há cerca de 3,8 bilhões de anos. As bactérias foram os primeiros microorganismos formando uma espécie de recife quando acumuladas no fundo de mares rasos – os estromatólitos. Até recentemente, pensava-se que este mundo de bactérias tinha sido substituído por organismos multicelulares da Fauna Ediacara há cerca de 580 milhões de anos.

A sensacional descoberta do Gabão mudou fundamentalmente o nosso conhecimento a respeito da evolução da vida e parece ter empurrado para trás a origem conhecida de multicelularidade de cerca 1,5 bilhões de anos.

A partir de 12 de março de 2014 e até 31 de Julho de 2014, o Museu de História Natural de Viena exibirá o Gabonionta. Esta será a primeira vez em todo o mundo que estes macrofósseis espetaculares serão exibidos publicamente.



Ir para o site do exhibition

Communicado de NHM

GABONIONTA NHM WIEN

Recherche

Menu principal

Haut de page